Meus pensamentos sobre a Epic Game Store

Posso dizer que faz um tempo que não escrevo nada, mas alguns eventos na vida me fizeram voltar a pensar a escrever. Sobre tudo, então vou tentar voltar ao meu ritmo de escrita, talvez áudio.

Hoje vou tratar sobre um tema que para muitos é confuso ou próximo de guerra. Epic Games Store.

O que ao meu ver começou como uma oportunidade para finalmente a Steam ter uma competição de peso com uma empresa com dinheiro e boas intenções (Ainda com o viés de lucros) está se transformando em uma crise dentro da Master Race. Uma das grandes coisas que o pessoal que faz parte da comunidade de jogos brincava com seus colegas de console era a questão dos exclusivos. Bom chegamos a esse ponto, a Epic está fazendo jogos exclusivos dentro de sua plataforma, e isso é negativo para o habitat como um todo.

Não tenho amores sobre a loja ou sobre a Steam, mesmo ela tendo trazido uma série de beneficios para os jogadores de forma geral. mas competir com exclusivos em uma plataforma onde não existe diferenças de arquitetura ou mesmo de modos de jogar é um tanto sujo.
Não vou desmerecer o ganho das empresas, principalmente as pequenas, pela a oferta de dinheiro upfront e uma maior participação nas vendas dos jogos, mas parece errado.

Por mais que a Epic tente vender que está tudo certo, o número de reviews negativos e jogares que fazem parte da comunidade mais core estarem tão enfaticos relativo ao desgosto das ações da Epic em relação a loja; junto com um comportamento tóxico da direção que diz que a decisão não é dos jogares, mas sim, dos desenvolvedores faz criar uma comunidade tensa e tóxica entre os jogados e as empresa. Toxidade semelhante ao relacionamento da EA com muitos jogadores, o que fez que ela ganhasse alguma vezes como a pior empresa dos EUA, isso considerando que a competidora dela era a Shell e a EXON duas empresas que naqueles anos foram responsáveis pelas maiores crises ambientais da história.

Infelizmente, vamos ver os efeitos dessas ações nos próximos anos, e nas vendas dos jogos a longo prazo. No momento só podemos esperar e ver o que vai ocorrer, e esperar que as empresas não acreditem que deteriorarem suas relações com os jogadores vale mais alguns trocados.

Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Your email address will not be published.