Review: The Wolf Among Us

Esse é um dos poucos títulos que posso dizer que joguei inteiro, por mais que isso só tenha acontecido porque ele é curtinho.
Como sempre essa analise pode e vai conter spoilers sobre o jogo e decisões que eu tomei durante ele, mas quem não se importar pode continuar lendo. Acho que isso deve reduzir os leitores em uns 90%.

The Wolf Among Us é um point&click com o sistema semelhante ao do “The Walking Dead”, devo dizer que sou uma das pessoas que simplesmente queria tacar fogo no TWD, mas quis dar a chance a esse jogo devido aos vários reviews bons que li do pessoal da comunidade.

Bigby-Wolf

O jogo conta a história do “Bigby Wolf” que é o lobo mau das histórias infantis. Entretanto, no jogo ele é um detetive garante que a Fables (Contos) não irão ser relevadas para as pessoas normais. Não é muito explicado o que aconteceu para que os Contos perdessem seus lugares no mundo de conto de fadas e foram obrigadas a vir para o mundo humano, mas o que sabemos é que tirando o Barba Azul, as outras Fables não conseguiram manter sua fortuna e prosperidade, o que fez com que vários tivessem problemas na transição.

Há vários detalhes interessantes sobre o jogo, como a magia que as Fable usam para disfarçar sua aparência real em alguns casos, pois a bela e o fera não precisam, pois já são humanos, mas personagens como os três porquinhos precisam.

A jogabilidade é a clássica dos novos jogos desse tipo, você tem várias decisões asquais você pode tomar. E cada uma delas muda a forma de interação do personagem tem com as outras pessoas do jogo. Essa jogabilidade é uma coisa legal e tensa ao mesmo tempo, pois você fica toda histário tentando não errar ou tomar uma decisão preciptada, pois isso mudaria a história para um rumo qual você não gostaria.

Os gráficos são aquele cartoon rabiscado que deixa toda o cenários mais sombrio e macabro. Entratanto, as cores com principalmente o vermelho acentuado que pode ser visto em diversos personagens e locais, cria um ambiente incrivel para o jogo.

the-wolf-among-us_1

A trilha sonora faz o usuário se sentir acompanhando Bigby ao mesmo tempo que você se sente em uma época que parece a decada de 80 dos filmes de detetive.

Esse foi um dos melhores jogos que joguei nesses últimos meses, pois você joga com a tensão do jogo e com a pergunta se o capitulo vai acabar ou não, para você saber se ainda há mais o que jogar. E ao final, fica aquele gostinho de quero o próximo capitulo. Felizmente, o capitulo 2 foi anunciado para o dia 5 de feveiro, ou seja, está ai do lado para aproveitarmos.

Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Your email address will not be published.