Talk to Talk: Wakfu

Vou classificar esse artigo como um “talk to talk”, ele não é necessariamente um review, pois vou colocar tutoriais e dicas do que eu aprendi enquanto jogava. Como sempre esse artigo pode ter spoilers sobre o lore das história ou dicas que podem acabar com o desafio do jogo.

Esse artigo vai ser dividido entre os seguintes tópicos, vou tentar inserir uma espécie de índice, assim somente necessário clicar para ir para onde você quiser.

Lembrete esse tópico é um tópico evolutivo, eu vou acrescentando novas informações e dicas com o passar do tempo ou não, mas caso haja comentários prudentes eu vou juntar colocando os créditos devidos.

Review

Wakfu é um jogo criado em 2008, como um MMO de mundo aberto disponível para o PC, Mac e Linux. O jogo foi desenvolvido em JAVA, criado pela “Ankama Games”. Sua publicação na américa do norte foi feita pela “Square Enix” e na europa pela própria “Ankama”. Esse jogo passou em 2012 do modelo “pay to play” para o sistema de “free to play” com microtransações. Infelizmente, uma falta de publicidade não fez com que o jogo voltasse a ter um publico tão grande quando na época de sua criação.

“Ankama Games” é uma empresa de desenvolvimento de jogos francesa, subdivisão da Ankama Group, focada no desenvolvimento de jogos MMO. Criadora de jogos como “Dofus” e “Dofus Arena”. 

Wakfu é uma “evolução” do sistema proposto pelo Dofus, com a adição de algumas classes novas, e algumas outras mecânicas politico sociais para melhorar a interação entre os players. Essas mudanças causaram a alteração em todo modo de jogar. Os gráficos permanecem da mesma foram do que no Dofus, personagens desenhados em um estilo próprio do jogo. A parte legal dos gráficos é a sensação de mudança de cores, muitas vezes durante o jogo, o jogador transita de mapas claros e felizes para mapas escuros como esgotos ou desertos.

Não tenho muita coisa para dizer, sobre a soundtrack do jogo. Ela é legal, mas nada que mereça comentário por ser viciante ou inovadora, eu achei até certo ponto enjoativa, não sei se vou continuar escutando elas enquanto eu jogo.

A jogabilidade dele é baseado em ser um MMO de mundo aberto, ou seja, o jogador pode andar pelo mundo livremente sem restrições. As batalhas são semelhantes a jogos como “Final Fantasy Tatics”, por turno dividido em setores quadriculares. As skills melhoram com o passar dos usos delas, então a ideia é você se focar em um ou mais elementos para melhorar este. Tendo cinco habilidades por elemento e três elementos por classe, mais as skills neutras da classe. Com isso, você tem uma variedade relativamente grande de golpes e estratégias para enfrentar os inimigos. Por mais que cada level, você ganha uma quantidade fixa de pontos, ainda sim, o que define o aumento dos seus status, dano e resistência é muito mais os seus equipamentos que podem ser criados nas cidades do que os seus status necessariamente.

Comentários

O jogo serve bem na sua função de distrair, por vezes eu penso que tenho que ir de um ponto ao outro, mas acabo me perdendo coletando recurso ou tentando equilibrar a natureza do lugar enquanto outros players estavam acabando com ela (Sim, riku estou falando de você).

Entretanto, como um MMO onde ao meu ver, a ideia é a sociabilização. O jogo ou pelo menos o servidor internacional nada realmente ocorre. Então, não tenho a necessidade de me sociabilizar com as pessoas para completar missões ou coletar coisas. Algumas dungeons são mais dificeis e seria mais fácil com a ajuda de outro player, mas nada que um pouco de grind não resolvesse meus problemas.

Acho valido o teste, ou se você não tiver nada melhor para fazer. O jogo é bonito e a ideia de estratégia pode ser legal para vocês pensar em várias estratégias usando os elementos e seus companheiros.

Dicas

Decida um elemento desde cedo:

O jogo como dito anteriormente é baseado em algumas jobs e essas tem elementos. Você tem a opção de ser híbrido, mas eu não indico, pois vai deixar os ataques principais do seu personagem fracos. Use os primeiros leveis para decidir qual você gosta mais, pegue a missão de zerar seus pontos e distribu-a no que você mais gosta.

Mesmo decidindo um elemento secundário:

Mesmo se focando em um elemento, você necessita de um elemento suporte para em casos especiais, como por exemplo, quando os inimigos são resistentes ao seu elemento. Essa resistencia pode chegar há 100%, ou seja, mesmo com 50% já é uma redução muito grande de dano. Usar um elemento diferente é melhor, mesmo você não investindo pontos neles.

Sempre que possível faça as coisas em grupo:

Wakfu não é um jogo feito para se jogar sozinho em grande parte das vezes. Afinal, fazer parte de um clã ou de um grupo de dá bônus e outros benefícios. Outro detalhe para você fazer isso, é a troca de itens e algumas fases são muito difíceis para se passar sozinho, então um grupo pode te ajudar.

Guaxinins Trabalhando

FAQ – Missões

Guaxinins Trabalhando

FAQ – Craft

Guaxinins Trabalhando

Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *