Nintendo Report 2015

Chegamos novamente a mais essa parte do ano, os resultados do ano fiscal de 2015 da Nintendo saíram (weeeewwww, not), esse é um dos poucos post que eu faço sobre a Nintendo diretamente por razões pessoais. O ano fiscal de 2015 foi um bom ano geral para a Nintendo que fez várias ações nos 12 meses que compõem o ano fiscal de 2015 (Abril 2014 – Março 2015).

Sim, estou atrasado esse ano alguns meses, mas isso ocorre porque eu simplesmente esqueci que o fechamento do ano fiscal da Nintendo é no primeiro trimestre do ano, e achei que era no segundo trimestre que nem todas as outras empresas, ou a maioria delas, então vai sair atrasado mesmo. Esse artigo foi baseado nos seguintes documentos:

Todos os documentos acima são oficiais e os links direto do Investidor Relationship da Nintendo, qualquer dúvida ou divergência com os valores indicados por eles. Entre em contato com a Nintendo diretamente, pelo e-mail ir@nintendo.co.jp.

Essa analise é mais para eu comentar sobre o que eu acredito da empresa do que um investidor report para quem quer investir na empresa, caso você queria investir em uma empresa tipo a Nintendo, e tenha como, aconselho a você ler os arquivos no site http://www.nintendo.co.jp/ir/en/ e comparar os dados dela com outras empresas no google finance, você vai obter números bem interessantes.

Antes de mais nada quero dizer que a Nintendo continua com o mesmo problema de sempre, não sabemos onde ela realmente ganha dinheiro e onde ela gasta dinheiro. Isso é um sério problema que eu gostaria que não existisse, mas existe.

A Nintendo, para quem não conhece, é uma empresa com vários produtos e serviços agregados e mau divididos. Ou seja, diferente de uma Microsoft ou uma Sony que é possível descobrir de onde vem o dinheiro, a Nintendo é quase uma black-box dos investimentos. Temos as informações básicas e vamos ter que trabalhar com isso.

Coisas que sabemos:

  • Renda Anual
  • Custos Anual
  • Impostos Pagos
  • Ganhos Cambiais
  • Vendas de Hardware & Software
  • Gastos de R&D

Coisas que não sabemos:

  • % de rentabilidade por console / jogo
  • Vendas de brinquedos & colecionáveis
  • Onde o R&D está sendo gasto
  • % de dinheiro alocado por divisão da Nintendo

A Nintendo teve os seguintes números no ano fiscal de 2015, em comparação com os anos anteriores:

 Dados em Milhões de Iene 2011 2012 2013 2014 2015
Receita 1,014,345 647,652 635,422 571,726 549,780
Custo 626,379 493,997 495,068 408,506 335,196
Resultado Bruto 387,965 153,654 140,354 163,219 214,584
Custos de Venda, Gerais e Administrativos 216,889 190,975 176,764 209,645 189,814
Receita Operacional 171,076 -37,320 -36,410 -46,425 24,770
Receita Não-Operacional 8,602 9,825 48,485 53,136 46,043
Despesas Não-Operacional 51,577 33,368 1,592 624 283
Lucro Bruto 128,101 -60,863 10,482 6,086 70,530
Receita extraordinária 186 84 2,957 4,922 3,737
Custo extraordinário 353 98 3,243 79 2,176
Lucro antes de Impostos 127,934 -60,877 10,197 10,929 72,091
Impostos Pagos 50,262 -17,659 3,029 34,132 30,228
Lucro antes de taxas & juros 77,671 -43,217 7,168 -23,202 41,862
Taxas & Juros 50 -13 68 20 18
Resultado Líquido 77,621 -43,204 7,099 -23,222 41,843

Como é possível ver na tabela acima, a Nintendo nos último 5 anos dá lucro cada 2 anos, sendo 2011 o ano do lançamento do 3DS. Então, temos que a receita da Nintendo nos últimos 5 anos caiu em 46%, sendo que houve o lançamento de Wii U, Smash Bros, Pokemon (2 deles por sinal) e dos Amiibo. Entretanto, caso descartado o lucro obtido em 2011, um dos maiores lucros da história da Nintendo, o lucro da empresa está zerado, ou seja, ela trabalhou os últimos 4 anos para se pagar basicamente.

Em todo caso, o resultado desse ano ao meu ver levanta uma bandeira amarela para a Nintendo, mesmo ela tendo lucro, o modo no qual ela obteve esse lucro é discutível. Analisando os dados da tabela podemos ver que de 2014 para 2015:

  • Receita caiu ¥21,946 bilhões (-3.83%)
  • Custo caiu ¥73,31 bilhões (-17,94%)
  • Custo Operacional & Administrativo caiu ¥19,831 bilhões (-9.45%)
  • Receita/Despesa Não-Operacional caiu ¥6,752 bilhões (-12,85%)
  • Receita/Despesa Extraordinária caiu ¥3,282 bilhões (-67,76%)
  • Impostos pagos caíram de ¥3,904 bilhões (-11.43%)
  • Lucro cresceu ¥65,065 bilhões

Existem 4 números importantes desses no qual eu citei: Receita, Custo, Custo Operacional & Administrativo e Receita/Despesa Não-Operacional; Esses números são o que basicamente formam o lucro/perda da Nintendo, impostos são importantes entretanto esse número é complexo de avaliar; As receitas caíram em ¥31,98 bilhões e os custos caíram em ¥93,141 bilhões, uma diferença de ¥61,161 bilhões;  Caso, você some esse valor com a redução de imposto, temos o lucro da Nintendo desse ano;
Ou seja, a Nintendo fez o lucro dela encima de redução de custo e imposto, e não, em aumento de receita. Esse detalhe é perigoso ao meu ver, pois essa redução considerável de custo quer dizer que eles deixaram de gastar com algo necessário no futuro, ou eles estavam com uma estrutura maior do que eles realmente precisavam, ou seja, essa redução poderia ser feita antes.


 

 Em unidades Total Japão Resto Total Inicio Diferença
Nintendo 3DS
Pokémon Omega Ruby/Pokémon Alpha Sapphire 9.940.000 2.970.000 6.970.000 9.940.000 0
Super Smash Bros. for Nintendo 3DS 6.750.000 2.530.000 4.230.000 6.750.000 0
Tomodachi Life 2.310.000 100.000 2.210.000 4.150.000 1.840.000
Mario Kart 7 2.070.000 200.000 1.870.000 11.700.000 9.630.000
The Legend of Zelda: Majora’s Mask 3D 2.030.000 470.000 1.560.000 2.030.000 0
Pokémon X/Pokémon Y 1.590.000 90.000 1.500.000 13.850.000 12.260.000
New Super Mario Bros. 2 1.340.000 90.000 1.240.000 9.160.000 7.820.000
Animal Crossing: New Leaf 1.270.000 2.700.00 1.010.000 8.940.000 7.670.000
Kirby: Triple Deluxe 1.150.000 170.000 980.000 1.780.000 630.000
Wii U
Mario Kart 8 5.110.000 1.050.000 4.070.000 5.110.000 0
Super Smash Bros. for Wii U 3.650.000 670.000 2.980.000 3.650.000 0
Super Mario 3D World 1.920.000 80.000 1.850.000 4.100.000 2.180.000
Nintendo Land 1.590.000 30.000 1.560.000 4.680.000 3.090.000

A tabela acima são as vendas dos principais títulos da Nintendo, podemos ver claramente que o mercado mundial (menos japão) está vendendo consideravelmente mais unidades do que no Japão. Mesmo com muitos dos jogos sendo focados no mercado japonês, com eventos e conteúdo exclusivo para eles. Mário que por anos foi dito como o carro chefe da Nintendo hoje em dia é ofuscado por títulos como Pokemon e Smash Bros vendendo, respectivamente, 11.530.000 e 10.400.000 de unidades. Para piorar, mesmo juntando os três principais jogos da sério Mario Bros (Mario Kart 8, Super Mario Bros. 2 e Mario Kart 7) eles alcançam a venda do novo Pokemon, sendo as vendas 9.940.000 x 8.520.000 de unidades.

Enquanto isso o japão tem:

E o mundo tem a Smogon:


Caso Japão: Analise do Cenário

O período de abril-2014~março-2015 foi complicado para o Japão, sua economia passa por um ciclo destrutivo de deflação, e perda de população jovem; Mesmo assim, os resultados para a Nintendo são ainda piores, as vendas gerais (console + jogos) caiu 23.83% em comparação com o ano anterior. Enquanto as vendas do resto do mundo cresceram (menos na Europa que se manteve estável). Esses números botam em check se a Nintendo realmente deve manter a tomada de decisão estratégica centrada na Nintendo Japan, ou se ela deve se tornar uma holding que possui os direitos de uso dos jogos e trademarks e deixar as secções da companhia decidirem que jogos vão vender.

Não podemos esquecer que o Japão ainda é um grande slice da renda da Nintendo, por mais que essa participação reduz a cada dia. No ano fiscal de 2015 as participações das regiões da Nintendo foram:

Japão Américas (Com EUA) EUA Europa Outros Total
135.049 (24,56%) 241.646 (43,93%) 207.432 (37,73%) 154.338 (28,07%) 18.746 (3,40%) 549.780

Olhando esses números facilmente podemos considerar que o Japão ainda possui uma importante participação pelo número de habitantes que existe no país, entretanto, a cada ano que passa a importância do mercado se torna menor. E não, porque a Nintendo está crescendo mais nos outros países, e sim, porque ela está caindo mais no Japão. Seria uma mudança no gosto dos consumidores que a Nintendo está falhando em capturar, ou as decisões da empresa se tornaram mais amigáveis para o resto do mundo, e não agradaram o publico japonês.


Conclusão

A Nintendo teve um lucro acima do esperado de ¥41,843 bilhões, ou U$338,21 milhões, garantindo um dividendo mínimo de ¥180, ou U$1.5, que não compensa os anos de perda dos acionistas, mas provavelmente ameniza os calores da empresa, entretanto, a cada ano que passa a posição de muitos acionistas que duvidam da capacidade da Nintendo de gerar lucros consistentes com o atual quadro de diretores da Nintendo Japan, se mostra uma realidade.

Esperamos que o ano fiscal de 2016 siga complicado com a falta de grandes lançamentos, sendo que o lançamento do novo Zelda foi postergado para algum ponto de 2016, a morte de Satoru Iwata que balança a diretoria da Nintendo Japan (tradicional em demorar para entrar em consenso), e um mercado Japonês mais complicado devido ao agravamento da crise no Japão.

Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *